quinta-feira, 27 de novembro de 2014

Sem lógica, mas com significado!

Minha sobrinha de três anos tem um vocabulário rico e bem articulado. Pense numa menina inteligente! Esperta e divertida. Adora uma boa companhia pra brincar. Do jeito dela, óbvio! Pois não nega sua origem. Geniosa de pai e mãe!

Estávamos conversando na cozinha sobre coisas da vida... Minha irmã mais nova (11 anos) chega e fica ouvindo a conversa de "adulto"... 

Eu acho estranho, pois a Ana (sobrinha) não larga a Alexia (irmã). São como unha e carne... E de repente está a Alexia conosco sem a pequena Ana.

Mas não demorou pro cotoquinho de gente aparecer na cozinha também! 
Com uma cara de reprovação, as mãos na cintura, e postura de autoridade ela olha pra Alexia, dizendo: "tia, eu estava te achando no seu quarto, mas você não era!"

Passei dias refletindo sobre como ela conseguiu construir uma frase tão sem nexo, mais cheia de significado...





Nenhum comentário:

Postar um comentário