sábado, 29 de novembro de 2014

A pata e o pobre Boris!

Diário de uma cearense sem noção!

Há alguns dias notei uma estranha textura na pata traseira do Boris (meu pequeno schnauzer de 2 aninhos).

Fiquei preocupada e levei pra pet Shop.  Pedi tosa completa, exceto a barba e sombrancelha, com a esperança de que na patinha tinha apenas uma sujeirinha de período de chuva.

Boris voltou parecendo um pinto pelado. Meu Deus, como esta criatura fica engraçada sem a sua pelagem característica... bichim, ficou fei que dói!

Pro meu espanto tinha algo errado na patinha dele. Realmente era algo mais sério. Sem cogitar muita coisa eu vou ao veterinário com o "Boris da pata suja"...

O veterinário examina, examina, examina... e diz: "seu cachorrinho é muito saudável. Isso aí que ele tem é uma dermatite já em remissão. Normal pra essa raça. Use esta pomada  (o olho da cara de tão caro) pra agilizar a recuperação. Lembre-se de usar três vezes ao dia,  por três dias, após uma limpeza abrasiva com esfoliação."

Eu penso: "ok... passar pomada eu sei, esfoliação beleza... mas como fazer isto na pata de um cachorro???"

Bom, como diria o finado Chapolim, "não contavam com a minha astúcia!"... inventei um método altamente eficaz!

Separei uma esponja de lavar louça para a operação pata do Boris... Além disso, sabão de coco, que é neutro... e duas toalhinhas que já eram dele.

Pronto. Operação: pega Boris, esfolia Boris, lava Boris, seca Boris...
Pata em carne viva, taca pomada no Boris... primeira vez: sucessssooo!

Segunda vez: ok!!!
Terceira vez: éééeeee... acho que deu certo!

Começo a perceber uma melhora quase completa na patinha do Boris... Graças a Deus!

Quarta vez: Jesus, qual era a pata? E agora... valha! Na terceira vez eu fiz o procedimento na pata boa... na dúvida vai as duas patas traseiras!

Gente, está chegando a hora da quinta vez... eu não sei qual é a pata boa e qual a ruim! To com pena do cachorro...

Ai, ai, ai! O que fazer?

Nenhum comentário:

Postar um comentário