terça-feira, 18 de novembro de 2014

O corticóide




Diário de uma cearense de molho e com voz de sovaco:

Depois de 3 dias doente resolvo fazer o que é certo. Parar de fazer auto-diagnóstico e procurar ajuda profissional.

Resultado: uma laringite...

Tratamento: medicamentos, repouso e ficar sem falar! OMG!

Dentre os medicamentos, a médica passou um anti-inflamatório com corticóide pra mim por DEZ dias... fico meio cabreira com essas coisas.

Não gosto desse nome corticóide.

A primeira orientação que ela me fez foi que só tomasse cedo, coisa de 7 horas da manhã. Porque 90% dos pacientes reclamam de insônia com o uso dessa píula. Arrisquei tomar 16h30, afinal, quero ficar boa logo.

Conclusão: faço parte dos 10% que dorme como um anjinho com o uso do me...dicamento.

Resolvi ler a bula, pra saber todo o resto que eu, graças a Deus, não vou sentir... só que antes de eu conseguir chegar às reações adversas me surpreendo com a quantidade de doenças às quais ele é indicado...

Menino, cura até o juízo. Será que fico boa disso também?!!

Nenhum comentário:

Postar um comentário