sábado, 24 de janeiro de 2015

Mais uma de atendimento ruim...

Diário de uma cearense que "podia não estar se sentindo" lesada...

Devo ter aberto um biscoito da sorte dizendo que hoje não era um bom dia para comprar coisas. Imediatamente depois que publiquei um texto inteiro com 10 coisas que garantem um atendimento ao cliente de baixa qualidade me acontece a 11a. e a 12a.

Fui ao shopping comprar um eletrodoméstico pra minha casa. Objetivamente já tinha escolhido o produto, a marca, o modelo é a loja antes de sair de casa. Então era chegar, estacionar, descer, pegar, pagar e voltar pra casa. Parecia 100% dentro dos conformes...

Então, seguindo o plano, eu fui... Cheguei à loja peguei o item é pedir pra faturar. Quando a mocinha que me atendeu fez uma proposta irrecusável! Garantia estendida!

Uau! Imperdível! Um ano de garantia da fábrica e mais um ano de garantia da loja... Como não comprar? Divide em 12 pequenas parcelas... Nem vai sentir! Além disso, se acontecer alguma coisa você tem um aparelho novinho, ainda na caixa! Que maravilha!

Eu disse: "não, obrigada!"

Ela insistiu que poderia acontecer alguma coisa, e o melhor era estar precavida... Nunca se saber quando um aparelho pode quebrar... Etc, etc, etc...

Eu disse: "não, obrigada!!!"

Ela insistiu. Eu a interrompi dizendo: "o que você está tentando me vender é um atestado de que em dois anos o aparelho vai quebrar. E que certamente é vantagem ter a garantia estendida porque o aparelho não presta e eu vou precisar de outro em breve!"

A vendedora se deu por convencida e desistiu da venda da garantia extra. Só que a gerente, no caixa, que tinha ouvido todo o discurso, começou o palavreado insistente... Eu disse, firmemente, que não queria.

Nesse momento ela teve uma ótima ideia. Ela faturou a nota e disse que tinha me dado de presente a garantia estendida nos produtos que tinha comprado. Eu pensei... Presente?! Tem alguma coisa fedendo aqui... A outra estava quase me implorando pra eu comprar e essa aí me deu!?

Quando eu vi a nota fiscal o valor de pagamento era igual à soma dos valores dos produtos... Mas tinha alguma coisa errada. Não estava conformada. Como se dá um seguro e uma garantia estendida?

Foi quando eu vi o truque. A gerente incluiu um desconto na minha nota e com o valor do desconto ela faturou a garantia extra. 

Fiquei indignada! Eu olhei pra ela e disse: se você me deu um presente porque eu estou pagando por ele? A gerente me falou que não estava pagando pelo "presente", que estava pagando pelos produtos...

Eu olhei pra ela e disse que se ela achava que eu sou besta ela estava enganada. Se eu tivesse a opção de escolha entre o valor do desconto ou o seguro certamente não teria ficado com o serviço extra, mas ela usou o desconto (que eu não teria direito, mas tive) pra pagar um serviço que ela me deu e eu nem queria. E completei dizendo que a atitude dela era desonesta, enganosa, falsa... Uma péssima forma de bater uma meta.

Ai ela fez uma proposta imperdível. "Senhora, eu posso estornar o valor e retirar a garantia que eu lhe dei". Eu imediatamente respondi: "só se a senhora mantiver o desconto que deu nesta Nota Fiscal..."

Obviamente a resposta dela foi negativa. Obviamente eu disse que ela estava usando argumentos ridículos pra esconder sua tentativa inescrupulosa de vender um produto que não se quer e ainda fazer o cliente "achar" que saiu ganhando...

Eu ainda não sei o que vou fazer com esta situação... O que você faria? 

Nenhum comentário:

Postar um comentário