quinta-feira, 25 de dezembro de 2014

Significado da ceia de Natal na minha casa

Diário de uma cearense natalina...

É bem normal que a noite de Natal seja cheia de simbologia pras pessoas normais. E eu acho até bem interessante... no entanto, aqui em casa...

Se a ceia de Natal acontece na humilde residência dessa que vos escreve pode-se tomar as seguintes conclusões:

1. Usaremos o máximo de itens descartáveis... Estética não é bem o forte, mas a praticidade. Árvore de Natal, ou decoração de Natal também não é essencial... Quanto menos coisas pra arrumar e limpar depois melhor!

2. Provavelmente não terá Peru, chester, tender é muito menos pernil. Não é por nenhuma questão religiosa. É por pura falta de praticidade. Se alguém quiser trazer, ótimo... Do contrário, não teremos! Mas terá: lasanha do Daniel, risoto de frango da Mamãe, e alguma outra carne que eu fizer... Farofa e salada? Pra quê...? 

3. Haverá sobremesa. E será Delícia de Abacaxi. Esta é a única tradição. E nesta tradição há um ritual. Devo fazer duas travessas. Uma pra servir na ceia e a outra que a minha mãe comerá SOZINHA. É a sobremesa predileta da bichinha, é uma das poucas coisas doces que ela gosta. E a minha receita é infalível, ela amaaaaaa!

4. Terei de comprar novas travessas e potinhos de guardar comidinha. Sempre vai uns dois pra casa da mamãe e outros dois pra casa da sogrinha. Não que elas não devolvam... Nada disso! As bichinhas são sempre zelosas e me devolvem. Mas até que eu lembre de ir buscar eu me esqueço que emprestei...

5. Eu vou passar um bom tempo fazendo faxina e fazendo comida. Mas no final das contas, pros meus irmãos principalmente, o que vai importar é que tenha BASTANTE comida gostosa. Do tipo que alimente umas 200 pessoas. Porque se alimentar somente 190 vai faltar! Certamente que o JJ virará o Taz e não terá sossego enquanto ainda tiver arroz e molhinho.

6. Se o Levi e a Rachel vierem também virão deliciosos chocolates suíços. O que aliás, abrindo um "parêntesis", os caras são "phoda" na arte de ferrar a gente com chocolate gostoso. Este ano eu ganhei um pacote de chocolates, cada um do tamanho do ovo de uma codorna, que tinha chocolate meio amargo cobrindo uma amêndoa, com uma casquinha divina. Só não ofereço porque sou egoísta mesmo.... Kkkkkkkk (risada malvada mesmo... E em alto volume)

7. Minha sogra não vai conseguir ficar quieta... To pensando em fazer uma pista de corrida pra ela aqui em casa, pra ela dar umas voltinhas. Acho muito interessante, porque é meia noite e ela está com a bateria em 100%. Enquanto isso, eu, caindo pelos cantos de sono!

8. Maridinho vai vestir uma endumentária ridícula. Só pra fazer charminho. Este ano foi uma blusa de aposentado listrada azul, desbotada e desabotoada. Combinando com um bermudão xadrez verde. A pano passado e com cinto de "jovem mancebo". Muito bem ajustado, ao estilo "centro-peito". E uma bota-tenis de tracking... E glória a Deus que foi só isso. Ano passado teve sapato de couro e meia no meio da canela!

9. Maridinho irá contar seus "causos" pra todo mundo rir... E a gente vai contar os "causos" da mamãe e da sogrinha... E vamos chorar de rir!

10. Mesmo sem beber álcool vou me esforçar pra falar em francês com a Rachel. O que vai ser meio ridículo. Porque o discurso começa assim: "Rachel, je suis très happy for you stay in chez moi."

11. Quando der a hora o Daniel vai dormir... Não importa. O Papa Franciso e o Dalai Lama aqui em casa e ele vai dormir. Sobe, fecha a porta do quarto, liga o ar-condicionado... E que o mundo se resolva sozinho.

12. Eu vou me divertir até altas horas. Alternando entre um cochilo e uma piada. Coincidentemente esta noite quase quebro o nariz. Dormi caindo de frente no chão. Não fosse minha cunhada e o meu irmão... Teria amanhecido numa emergência!

13. Vamos comer, rir, comer mais, rir mais... Trocar presentes, comer, rir... Conversar... E quando a gente tiver cansado e enjoado de comer, não importa, o JJ ainda estará lá. Firme e forte, na sua tarefa de não deixar nada estragar.

14. Se o meu sogrinho comer alguma coisa significa que eu me garanti. Agora, se ele repete... Jesus de Nazaré! Ganhei o ano de 2015. E se, além de repetir, pedir pra levar um pouco pro almoço do dia 25... meu Deusssssss! Sou uma grande chef da culinária! Ontem aconteceu deste jeito. Então hoje eu sou o cúmulo da boçalidade...

15. Vou dormir tarde pra caramba, mas as 5:00 da madrugada do dia 25 o Daniel irá me acordar pra andar de bicicleta, ou correr na pracinha. Hoje pedalamos 15 km, só pra tirar a ressaca...

16. Alguém certamente dará porcaria pro Bóris comer... O quintal amanheceu com marcas de uma noite ruim pro cachorrinho. Mas garanto que na hora de comer ele adorou!

Bom, é meio assim... E eu amooooo!

Feliz Natal pra você e sua família. E que 2015 seja cheio de boas histórias!

Nenhum comentário:

Postar um comentário