sábado, 23 de janeiro de 2016

Palavras presas

Diário de uma cearense que precisa falar...

Não sou de chorar com facilidade. Minhas emoções extravaso nas palavras liberadas dos meus pensamentos.

O que me acontece, normalmente, me deixa com a sensação de palavras presas, querendo fugir de alguma forma. Seja da forma escrita, seja da forma falada... porque dificilmente as minhas emoções se transformam em lágrimas, estas ficam retidas, me afogando em pensamentos recorrentes.

E as palavras são meio sacanas comigo. São minhas as palavras, poderia continuar deixando-as guardadas e quietas... Mas enquanto não as libero elas me sufocam. Fazem um motim na minha cabeça. Não me deixam em paz. Fico refém delas, dias e dias... até vomitar letra por letra.

Palavras presas fazem mal pro meu estômago, palavras presas deixam o meu sono inquieto... palavras presas me deixam a cabeça tonta e latejando... palavras presas deixam minha boca amargando.

Então as compartilho. Vezes pra quem quiser saber, outras em particular... e a minha alma se acalma!!! E então posso dormir tranquila. Libero minha mente pra que outras palavras venham tomar lugar, para que outras emoções sejam digeridas, vividas, presas e liberadas.








Nenhum comentário:

Postar um comentário